terça-feira, 13 de março de 2012

Literatura Modernista Modernismo 2ª fase (1930-1945)

CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS:

* Iniciou com o livro Alguma Poesia, de Carlos Drummond de Andrade.
* Aprofundou os ideais e propostas da 1ª fase.
* Verso livre.
* Poesia sintética.
* Questionamento da Realidade.
* Busca o “eu-indivíduo” e o seu “estar no mundo”.
* Investigação do papel do artista.
* Metalinguagem.
* Corrente mais intimista e espiritualizada.
* Evidencia-se a fragilidade do Eu.
* Domínio da prosa com o Romance regionalista nordestino, social e politicamente engajado.

POETAS DO MODERNISMO 2ª FASE

I - CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE:

a-) Temas específicos: o indivíduo; a terra natal; a família; os amigos; o social; o amor; a própria poesia; exercícios lúdicos com a poesia; visão de existência.

b-) Características:

* 1925 - 1940: Poesia irônica; humor; saudosismo; individualismo; contempla o mundo e a si mesmo. Obras: Alguma Poesia; Brejo das Almas e Sentimento de Mundo

* 1941 - 1945: Poesia social; guerra; ditadura; denúncias; a metalinguagem.
*

Obras: A Rosa do Povo; poemas José e A Procura da Poesia.

* 1946 - 1958: Poesia metafísica; ideologia; negativismo; descrença.
*

Obras: Poesia até Agora; Claro Enigma e Fazendeiro do Ar.

* 1962 - 1968: Poesia objectual; liberdade poética; atitude lúdica; o prosaico; o irônico; poesia experimental. Obra: Lição de coisas.

* 1968 - 1987: Últimas obras: certo erotismo e ecletismo.
*

Obra: Boi tempo; entre outras.

II- CECÍLIA MEIRELES

a-) temas específicos: a solidão; o amor perdido; a saudade; o espaço; o oceano; temas históricos; a fugacidade do tempo; a fragilidade do ser humano; os desacertos dos homens; o isolamento; a sombra; o nada.

b-) Características:

* Escreve obras em poesia, prosa e também traduções.
* Influência simbolista (neo-simbolismo).
* Uso de lirismo.
* Ceticismo e melancolia.
* Musicalidade como apoio para seus lamentos.
* Versos curtos e com ritmo.
* Jogo de imagens, sons e cores.
* Subjetivismo.
* Corrente espiritualista do Modernismo.

c-) Algumas obras:

* Espectros (1919)
* Viagem (1939)
* Vaga Música (1942)
* Mar Absoluto (1945)
* Romanceiro da Inconfidência (1953)
* A Rosa (1957)
* etc.

III) VINICIUS DE MORAES

a-) Temas específicos: espiritualidade; amor platônico; amor real; a mulher; a sensualidade.

b-) Características:

* Transcendental e místico numa 1ª fase.
* Versos mais longos e melancólicos.
* Proximidade com o mundo material; 2ª fase.
* Versos mais curtos; sonetos; às vezes um modelo de Camões; versos decassílabos e alexandrinos.
* Antíteses e paradoxos.
* Letras de músicas e criação de histórias infantis.

c-) Algumas obras:

* O Caminho para a distância (1933)
* Ariana, a mulher (1936)
* Novos Poemas (1938)
* Cinco Elegias (1943)
* Arca de Noé (1970)
* etc.

PROSA DO MODERNISMO 2ª FASE

I ) JOSÉ AMÉRICO DE ALMEIDA

* A Bagaceira, 1928 ? início da corrente regionalista nordestina. Retrata a vida dos engenhos de cana-de-açúcar, os retirantes, a seca.
* Valores morais do homem nordestino.

II) RACHEL DE QUEIRÓS

* Falou do Ceará; da seca; do povo que lá vive; da Terra.
* O Quinze, 1930: o tema é a grande seca de 1915; aspecto social junto com aspecto psicológico.

III) JOSÉ LINS DO REGO

* Decadência dos engenhos desmantelados pelas usinas.
* Ciclo da cana-de-açúcar: sua vivência no engenho.
* O narrador de Menino de Engenho é o reflexo do próprio autor em alguns momentos.
* Em 1943, o autor publica Fogo Morto, sintetiza o ciclo e conta a história de um engenho chamado Santa Fé.

IV) JORGE AMADO

* Regionalismo baiano, zonas rurais do cacau e zona urbana de Salvador.
* Tipos marginalizados.
* Análise da sociedade.
* Utilização em suas obras da “fala do povo”.
*

a) Romances Proletários: mostram a vida em Salvador com um retrato social - Suor, O País do Carnaval e Capitães de
Areia.
b) Ciclo do Cacau: a vida nas fazendas nas regiões de Ilhéus e Itabuna - Cacau, Terras do Sem-Fim, São Jorge dos
Ilhéus.
c) Crônicas de Costumes e depoimentos líricos: novelas, romances com temáticas amorosas. - Mar Morto, Gabriela
Cravo e Canela, A Morte e a Morte de Quincas Berro D’água.

V) GRACILIANO RAMOS

* Início do trabalho com a publicação de Caetés (1933).
* Atividades subversivas; preso político ? Memórias do Cárcere.
* Viagem aos países socialistas ? Viagem.
* Clima de tensão; relações do homem com o meio natural; meio social.
* Final trágico: o suicídio.
* O homem muitas vezes se animaliza.
* A seca, os retirantes, a vida na caatinga.
*

a) Romances em 1ª pessoa: Caetés, São Bernardo e Angústia: pesquisa da alma humana com análise da sociedade.
b) Romances em 3ª pessoa: Vidas Secas: visão distanciada da realidade com enfoque nos diversos modos de ser.
c) Autobiografias: Infância e Memórias do Cárcere: o autor problematiza a si mesmo com temática humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário